Abraço divulga ofício direcionado aos dirigentes de Radcom

OfícioCircular n°015.2020Brasília, 28 de agosto de 2020.

Aos Dirigentes de Rádios Comunitárias
A Abraço Brasil tem dificuldade de sobrevivência e permanência na luta pelos direitos das rádios comunitárias, tendo em vista que, até aqui, a atual gestão não arrecada e vem dependendo da abnegação dos diretores executivos e eventuais parceiros.
Para que este problema seja resolvido, é preciso que as Abraço Estaduais e Rádios Comunitárias passem a contribuir com a nossa entidade. Sabemos que a atual situação não está fácil para ninguém, mas sabemos também que a luta não pode parar, tampouco o movimento pode retroceder. Temos uma pauta a seguir e, para isso, precisamos de finanças para dar conta de pagamento de despesas que surgem no meio do caminho.
Quando o estado de pandemia passar, precisaremos viajar a Brasília. Despesas como passagens aéreas, ônibus, hotéis, alimentação, táxi/uber, são necessárias e são caras. Para além destas despesas básicas, necessitamos montar um escritório em Brasília, com funcionários, internet, telefone, ou seja, uma estrutura mínima para que possamos trabalhar decente e permanentemente em prol do nosso segmento.
Precisamos também de assessoria jurídica permanente e especializada em nossas demandas judiciais. Para tanto, temos tentado algumas parcerias com entidades a nível nacional para que possamos ter finanças e podermos encaminhar a luta.
Esta semana, viabilizamos uma parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais – CONTAG, que consiste numa ajuda financeira à Abraço Brasil e, como contrapartida, precisamos veicular o spot “Semana de Mobilização: para denunciar o aumento do número de benefícios negados pelo INSS”, sendo 5 (cinco) vezes ao dia começando no dia 31 de agosto (segunda-feira), até o dia 4 de setembro (sexta-feira), num total de 25 veiculações em cada emissora num total de 300 (trezentas) rádios comunitárias.
Para maior controle e agradecimentos, queremos que a emissora comunitária participante desta parceria, nos envie um e-mail confirmando inclusão adesão, com os dados da radcom que atua (nome completo da associação, nome fantasia da rádio, telefone/zap, e-mail e nome do dirigente da emissora responsável). É preciso que a emissora participante nos envie também cópia do comprovante de veiculação do spot durante os 5 dias da campanha, para que possamos enviar à CONTAG a fim de gerarmos credibilidade e compromisso com o parceiro.
Hoje somos quase 5 mil rádios comunitárias outorgadas e sabemos da nossa força. Precisamos apenas no unir em torno de nossas propostas e corrermos atrás do prejuízo, principalmente para mudar a lei de radiodifusão comunitária que não nos atende e conquistar a isenção do pagamento do ECAD.
Desta forma, são cruciais essas parcerias para que possamos ter finanças e darmos conta da nossa demanda que não é pequena.
Vamos à luta que só vencemos com organização e união!
Atenciosamente,
Geremias dos Santos
Presidente da Abraço Brasil